Retrô

Roupa de Banho no Início do Século XX

A praia não era só lugar de banho, era também de passeio, muitas vezes havia uma mistura de pessoas, umas em roupas de banho, outras vestidas a caráter. No início do século XX a roupa de banho cobria praticamente todo o corpo e tirar os sapatos e as meias era a prática apenas dos mais ousados.

A nadadora australiana Annette Kellerman foi uma dos revolucionárias da moda.  Em 1907, ela apareceu na praia de Boston, em traje de banho bem composto, mas colado ao corpo, logo em seguida foi detida por conduta lasciva.

Outro fato que mudou a forma do mundo ver a vestimenta de banho aconteceu duas semanas depois do teste da bomba atômica, em 1946, foi a criação de uma vestimenta bem pequena, que deixava à mostra praticamente todo o corpo, e que de adotou o nome do atol onde ocorreu o teste atômico; biquíni (de Bikini).

Nenhum dos modelos da moda de Paris quis vestir a criação de Louis Reard, um engenheiro automotivo. Foi necessário contratar uma dançarina de um Casino de Paris, Michele Bernardini.

A imprensa de moda de Paris sugeria que o biquíni tinha esse nome porque parecia que seu portador estava emergindo em farrapos de uma explosão nuclear, usando o pouco que sobrou.

As roupas de banho encontraram grandes dificuldade para se estabelecer, os censores estavam no encalço o tempo todo. Haviam até fiscais que mediam o quanto de pernas podiam ser vistas, muitas foram presas. No entanto, ninguém conseguia parar a evolução da moda.

Fonte de pesquisa: Imagens e Letras, Rare Imagens, Biblioteca do Congresso Americano, LIFE.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo