Retrô

Torre Eiffel, os números da Dama de Ferro

O

O leitor em sua navegação há de ter encontrado muito sobre a Torre Eiffel. O esqueleto de metal no alto dos seus 120 anos é alvo de artigos pelo mundo afora. Creio que é com números e imagens que poderemos perceber todo o esplendor do monumento francês.

A Torre Eiffel nasceu como uma toalha entrelaçada de renda com 7 mil toneladas de fios metálicos e 300 metros de altura, um recorde para a época. Até a construção do Edifício Chrysler em Nova Iorque, em 1930, a Torre Eiffel foi o monumento mais alto do mundo. A vista de seu cume pode cobrir um raio de 90 km e a luz dos seus refletores são visíveis a uma distância de 70 km, resultado de 20 mil lâmpadas, o que tem provocado o interesse de ativistas.

Os pilares são orientados para os quatro pontos cardeais em um quadrado de 125 metros. A mais profunda fundação chega a 15 metros abaixo solo. A estrutura da torre faz uma pressão de 4,5 kg /cm2 sobre as suas bases. Sob a ação do vento o pico se desloca de 6 a 7 cm e sob o calor a parte superior descreve uma curva de até 18 cm.

Desde a sua criação a dama de metal serviu para tudo. Telégrafo sem fio, observatório, ambiente para físicos estudarem os princípios da gravidade, referência para os marinheiros e torre de TV e rádio. Em 1964, no dia do 75 º aniversário, foi escalada por dez alpinistas. A torre é repaginada a cada 7 anos. A última pintura começou em Dezembro de 2001 e terminou em Junho de 2003. São quase 7 milhões de visitantes por ano que movimentam algo em torno de 60 milhões de euros e proporciona emprego direto a cerca de 600 pessoas e 300 colaboradores.

Apesar da resistência de alguns escritores da época que disseram que ela era “inútil e monstruosa” a Torre Eiffel se tornou um símbolo de Paris.



Fontes de Pesquisa: Site Oficial da Torre Eiffel, Tingilinde, Wikimédia, Un Jour de Plus a Paris

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo