Escultura

Ron Mueck, realismo extremo

Ron Mueck se tornou um artista pop. A sua exposição foi se construindo no mundo das artes como uma das mais vistas e ganhou admiração de todos. Há muitos anos, no antigo blog, expomos o artista em duas postagens que mostravam a exposição e a oficina, vamos unir as duas aqui.

O artista usa um processo de multi-estágios, que envolve uma série de experimentos e descobertas. Longe de ser um copista da natureza, ele revela a necessidade de fazer ajustes seletivos para maximizar o apelo físico e emocional de suas figuras.  Suas obras convidam-nos para uma inspeção rigorosa de manchas, pêlos, veias, e de expressão, levando-nos em uma viagem psico-topográfica.

Suas esculturas estão sempre fora da escala da realidade, são grandes ou pequenas, mas todas são resultado de uma constante busca pela criatividade. É um escultor hiper-realista que utiliza efeitos especiais cinematográficos para criar obras de arte. Mas há críticas, alguns do meio artístico consideram seu trabalho como” um manequim de loja de departamentos sem roupa “, um exagero.

Ron Mueck nasceu em 1958, em Melbourne, na Austrália, e foi radicado em Londres. Ingressou na carreira de artista somente em meados dos anos 1990. Já trazia um histórico de artes quando começou; cresceu envolvido com o negócio da família, que desenvolvia marionetes e bonecos. Essa experiência dos tempos de criança foi marcante para sua trajetória artística, que também teve passagens preparatórias por TV e cinema, quando se mudou para os Estados Unidos.

Uma obra sua   foi comprada pela National Gallery of  Australia  por $ 800,000, isso em 2002, o maior valor pago por obra de um artista vivo.


Fontes de Pesquisa: The Atlantic, Isto é, Reddit, Wikimédia, Arte sem fronteira. Gautier Deblond.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo