FotografiaGuerra

Os pombos fotógrafos

Na era das mais modernas possibilidades e técnicas de fotografia aérea baseadas em satélite, é bastante interessante lembrar o pioneirismo de alguns abnegados. Uma dessas maravilhosas ideias, muito prática e barata, tornou o alemão Julius Neubronner famoso. Ele criou uma pequena câmera fotográfica que utilizava negativos de apenas 4 cm e prendeu ao peito de um pombo.

Neubronner era um farmacêutico que utilizava os pombos para entregar medicamentos em um sanatório de Kronberg, perto de Frankfurt. Daí surgiu a adaptação.

Com o sucesso da primeira fotografia aérea, todas as viagens dos animais passaram a registrar paisagens da cidade do alto.  Um sistema pneumático na câmera abria o obturador em intervalos predeterminados e o rolo de filme, que se movia junto com o obturador, fazia até trinta exposições em um único vôo.

O inventor passou a produzir e comercializar postais com as fotos aéreas. Em 1908 o invento foi patenteado e não parou de fazer sucesso. Em 1910 e 1911, foi premiado na Paris Air Show com a técnica inovadora e suas fotografias.

A invenção de Julius Neubronner foi utilizada pelo exército durante a Primeira Guerra Mundial. O próprio Autor foi responsável pelo treinamento dos animais e captura das imagens. Posteriormente, foi utilizada também na segunda guerra, o exército alemão desenvolveu uma câmera pombo capaz de fazer 200 exposições por voo.

Fontes de pesquisa: journal-frankfurt, berliner-umschau, Kaushik Patowary, commons.wikimedia.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo