Publicidade

Incríveis cartazes de cigarros

Os cartazes dos cigarros foram um show à parte

Se o leitor já assistiu séries como Peaky Blinders ou Mad Men, percebeu a velocidade com que os personagens acendem e apagam os cigarros. No passado as pessoas fumavam o dia todo e isso foi retratado de forma contundente nas séries de época.

Com o marketing maciço e a popularidade dos cigarros, as preocupações com a saúde foram minimizadas, até médicos foram contratados para suprimir as preocupações sobre os perigos do fumo. Assim nasceu o uso de médicos em propagandas de cigarros.

No entanto, era apenas uma questão de tempo até que a ciência alcançasse a publicidade. Em meados da década de 1950, mais pesquisas estavam sendo publicadas, confirmando a ligação entre os produtos do tabaco e o câncer de pulmão.

As crescentes preocupações do público sobre os perigos de fumar significaram o lento desaparecimento do “médico” dos anúncios de cigarros e aos poucos os fabricantes começaram a perceber que toda a indústria estava em perigo.

As estatísticas e avanços das pesquisas foram colocando em xeque o namoro social dos fumantes com a indústria tabagista. No entanto, há algo interessante que podemos tirar além da nuvem de problemas de saúde que acompanhou as pessoas posteriormente ao consumo, os cartazes.

Os cartazes foram um show à parte, principalmente os mais antigos, deram ao cigarro o glamour que o acompanhou pelas décadas seguintes. 

Fontes de pesquisa: Galeria de Arte 123, Shopify, Flickr, Wikimédia, Pinimg, Bloximages, Etsy Static, Retro Graphik.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo