Pintura

Ferdinand Georg Waldmüller

Ferdinand Georg Waldmüller (1793 – 1865) foi um dos pintores mais importantes da Áustria do período biedermeier¹. A caracterização precisa do rosto humano e a refinada descrição detalhada de texturas são alguns dos inúmeros aspectos da sua obra. Brilhante, explicativa, moralizadora e de crítica social. Influenciou toda uma geração de artistas. Waldmüller estava muito à frente de seu tempo.

Com a observação meticulosa, WaldMüller ficou  conhecido por seu conhecimento da natureza, o seu gosto pelo detalhe, o tratamento da luz e seu talento de colorista.

Uma figura chave na pintura austríaca, que lecionou por vários anos na Academia de Belas Artes de Viena, e depois seguiu carreira, principalmente como retratista. Em 1823 fez o retrato de  Beethoven e alguns da realeza.

Waldmüller era o representante principal do estilo biedermeier. Exemplos dessa influência estão nas suas paisagens e cenas da vida cotidiana, celebrando os valores materialistas, requinte e elegância da burguesia da época.

Seu realismo precedeu a era da fotografia, uma arte em que ele mostrou grande interesse. Ainda, sua preocupação com a natureza inspirou a pintura pré-rafaelita do século 19. Mais tarde, sua reação com as normas oficiais artísticas de sua época, influenciou o movimento da secessão de 20th century na Áustria e na Alemanha.

Hoje, a mais completa coleção de obras WaldMüller podem ser encontrados em Belvedere, na Áustria. Seu trabalho também foi recentemente exibido no Museu do Louvre.

REF ¹ –  A era biedermeier refere-se ao período histórico entre os anos de 1815, o Congresso de Viena, no final das Guerras Napoleônicas , e 1848, ano de revoluções . Embora o próprio termo é uma referência histórica, é utilizado também para designar o estilo artístico que floresceu nos domínios da literatura, da música,  das artes visuais e do design de interiores. A arte do período desenvolveu-se tanto como uma reação e aceitação de um estado de limitação criativa.

 

 

 

Fontes de pesquisa: publishers of The Grove Dictionary of Art. Liechtenstein Museum.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo